Publicações Ody & Keller Advocacia e Assessoria Empresarial
Asset 4.png
  • Ody&Keller

Zero Grau se consolida como vitrine de inverno

Antecipando a moda que estará nas vitrines a partir do ano que vem, a Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios vem se consolidando como uma importante plataforma de negócios para as indústrias do segmento. No segundo dia, a mostra, que seguiu até a quarta-feira, dia 20, registrou uma grande visitação de lojistas que, vindos de diferentes regiões do País, se mostraram interessados em conhecer as novidades e abastecer seus estoques para a temporada outono/inverno. O evento reuniu mais de 280 expositores, onde cerca de 900 marcas mostram um preview para estação mais fria do ano. Para o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, a feira tem sido uma ótima oportunidade de vendas, com varejistas cada vez mais qualificados e lançamentos em sintonia com as necessidades do varejo.

De acordo com o diretor de marcas do Grupo Priority, Eduardo Smaniotto, o evento tem sido um excelente indicador de negócios, fazendo uma espécie de transição entre a coleção de verão e a da próxima estação fria. A empresa, que produz calçados com as etiquetas West Coast e Cravo & Canela, investiu em uma ambientação especial para mostrar os lançamentos aos compradores, apontando para artigos antenados com as principais tendências do mercado. “Acredito que o desempenho na feira reflete, e muito, as ações feitas ao longo dos últimos meses. A movimentação foi positiva e, no primeiro dia da mostra, tivemos uma visitação 30% superior a do ano passado no mesmo período. A expectativa era de que o público se mantivesse desta forma até o final e as vendas acompanhem esse ritmo”, avalia.

O bom fluxo de visitantes e a vontade do varejo em conhecer as novidades – e buscar a antecipação de compras – também são apontados pela diretora comercial da Piccadilly, Ana Clara Grings. Segundo ela, a Zero Grau vem se consolidando como canal de negócios, mostrando a nova dinâmica do setor calçadista em relação o varejo. “O público que visita a feira está cada vez mais qualificado e a visitação bem distribuída em relação aos dias da mostra. As vendas vêm acontecendo e os resultados já são positivos”, avalia. A marca aposta em um preview onde as tendências do inverno estão evidentes, mas sem deixar de lado as modelagens abertas para atingir regiões onde o calor é mais intenso. Para a Couromoda, que acontece em janeiro, a intenção é complementar as linhas, mantendo o conceito da coleção apresentada no evento.

Para o diretor comercial da Stéphanie Classic, Fábio Spohr, a feira serviu de termômetro para indicar as necessidades dos lojistas e ainda apontar os rumos do mercado para os próximos meses. “A Zero Grau já se consolidou e melhorou muito em termos de movimentação, o que prova que o segmento se adaptou bem às mudanças que aconteceram nos últimos anos. Os lojistas se planejam melhor e estão entusiasmados com os produtos, apesar de as entregas ainda demorarem um pouco para acontecer. A sondagem de mercado proporcionada pela mostra é muito interessante”, destaca. A empresa mostrou o primeiro preview da estação fria, onde os scarpins ocupam lugar de destaque.

Fonte: Abicalçados – Acesso em 22/11/2013 – http://goo.gl/zFqfVE

0 visualização

Publicações