Publicações Ody & Keller Advocacia e Assessoria Empresarial
Asset 4.png
  • Ody&Keller

Melhoria para não suar mais o guardapó

Há 19 anos como funcionário dos Calçados Werner, de Três Coroas, José Carlos Gomes, o Seu Zezinho, 48 anos, não se preocupa mais com a temperatura registrada no termômetro do lado de fora da fábrica. Isso porque o parque fabril da marca calçadista recebeu cinco aparelhos de ar-condicionado, com 240 mil BTUs cada, responsáveis por manter o clima agradável na produção, que ocupa um espaço de 1,6 mil metros quadrados. “Hoje eu não suo mais o guardapó”, comemora.

Conforme o diretor Werner Júnior, a decisão da empresa em climatizar o chão de fábrica representa a preocupação da marca com o bem-estar dos seus colaboradores. “Fomos os primeiros na cidade a inovar na área de Recursos Humanos, com a distribuição dos lucros e plano de saúde completo”, conta. Com 250 funcionários, sendo 220 só na produção, a empresa investiu R$ 400 mil na colocação do sistema de refrigeração, sem contar a despesa mensal com energia elétrica. “A melhoria também marca os 45 anos da Werner, completados neste ano”, acrescenta.

Um ano de projeto Para Werner Júnior, no início, a decisão de climatizar a produção pareceu se configurar num investimento arriscado. “Não conhecemos nenhuma empresa que tenha feito o mesmo, não tínhamos referência”, relata. Por conta disso, o projeto de viabilidade técnica e execução levou cerca de um ano. “Contratamos os engenheiros que fizeram o projeto de refrigeração da Fenac para orientar como proceder aqui na empresa”, conta. Hoje, a temperatura na fábrica fica em torno dos 23 graus. Antes, superava os 35 graus.

Hoje À frente da empresa, Werner Júnior não esconde o orgulho de ver o crescimento da marca aliado ao bem-estar dos colaboradores. Fabricando 2 mil pares/dia no inverno e 2,5 mil pares/dia no verão, o empresário aposta no sapato com alto valor agregado, que requer, cada vez mais, trabalhadores qualificados e satisfeitos.

Antes Com 45 anos, a empresa já protagonizou mudanças na sua linha de produção. Lá no início, a fábrica ocupava apenas uma parte do espaço em que se encontra hoje. E o calor era amenizado com chuveirinhos sobre os pontos de trabalho.

Fonte: Abicalçados – Acesso em 31/01/2014 – http://goo.gl/dW2cAV

0 visualização

Publicações