Publicações Ody & Keller Advocacia e Assessoria Empresarial
Asset 4.png
  • Ody&Keller

Emirados importam mais calçados do Brasil

Os Emirados Árabes Unidos aumentaram suas compras de calçados brasileiros no ano passado. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Calçados (Abicalçados), as compras cresceram 12% em receita e 13,4% em volume sobre o ano anterior, para US$ 16,7 milhões e 1,2 milhão de pares, respectivamente. O país árabe foi o 17º que mais adquiriu sapatos do Brasil em 2013 e é o primeiro da região neste ranking.

O aumento das compras dos Emirados fez o país ganhar participação como destino das exportações brasileiras de calçados. O país do Oriente Médio passou a responder por 1,5% da receita que o Brasil obtém com estas vendas e por 1,1% do volume embarcado. Em 2012 os Emirados respondiam por 1,4% do faturamento e por 1% dos embarques. O preço médio do calçado comprado pela nação árabe, porém, caiu 1,3%, de US$ 13,07 para US$ 12,91.

Além dos Emirados, o outro país árabe que integra a lista dos 20 principais importadores de calçados do Brasil é a Arábia Saudita. Os sauditas, porém, diminuíram suas compras. Eles são o 19º mercado do sapato nacional no exterior, mas fizeram importações 23% menores em receita e 7,8% menor em volume. Gastaram US$ 15,4 milhões para comprar 1,6 milhão de pares. O preço médio do calçado adquirido recuou bastante, 16,5% para US$ 9,26.

Os Emirados estiveram entre os 12 mercados que aumentaram as compras do produto brasileiro entre os 20 maiores importadores. Já os sauditas integram o grupo de oito países que diminuiu as compras. Entre estes últimos estão, inclusive, os Estados Unidos, Argentina e França, os três maiores mercados para o sapato da indústria nacional no exterior. Entre os que compraram mais estão Paraguai, Angola, Colômbia, Chile, Peru, Rússia e Austrália.

No geral, o setor teve apenas um pequeno aumento nas exportações em 2013. O crescimento foi de 0,2% na receita obtida com o mercado internacional sobre 2012. O Brasil conseguiu com estas vendas US$ 1,095 bilhão contra US$ 1,092 bilhão do ano anterior. A quantidade de pares exportados, porém, cresceu bastante. Houve avanço de 8,5% e o País enviou a importadores um total de 122,9 milhão de pares. Mas o preço médio de venda foi 7,6% menor do que em 2012. Ficou em US$ 8,91 contra os US$ 9,65 anteriores.

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe – Acesso em 21/02/2014 – http://goo.gl/wcRzqP

0 visualização

Publicações